COMO VENCER OS INIMIGOS DO SEU SUCESSO - Part 3


- Nas publicações anteriores vimos as perspectivas antagônicas do Crítico e do Sábio.

Ficou claro que a perspectiva do Crítico é negar, rejeitar ou se ressentir, e isso impede que possamos evoluir e aprender. O crítico dramatiza o fato. E o sábio aceita o fato.


Vimos também que a ansiedade, a decepção, a frustração, a vergonha, a censura e a culpa, são os sentimentos favoritos do Crítico. E usando eles como combustível, você não vai a lugar algum.


Mas a essa altura você deve estar se perguntando: Ok! Então quer dizer que, para agirmos com a perspectiva do Sábio, apenas devemos aceitar os fatos e acontecimentos? (E nada mais! - by Faustão)


Bah! (Como diz o gaúcho) - Se fosse só isso, seria muito difícil e improdutivo. Lembre-se que, após termos aceitado o fato devemos tomar uma atitude positiva, e é neste momento que somos empoderados pelos 5 Poderes do Sábio. Vamos conhecê-los?

Primeiramente, devemos entender os benefício dos cinco poderes do Sábio. Com eles podemos encarar qualquer desafio de uma maneira a chegar ao melhor resultado, e ao mesmo tempo gerar em nós emoções positivas minimizando a negatividade e o estresse.


IMPORTANTE SABER: Todos nós temos os cinco poderes do Sábio.


O grande problema, é que o uso normal desses poderes está poluído pelos nossos sabotadores, e aqui vamos aprender como usar esses poderes de forma “pura”.

Salvo os casos de distúrbios ou patologias mentais, todos nós demonstramos a capacidade de empatia por nós e pelos outros; de explorar com curiosidade; de inovar criativamente; de navegar entre opções e escolher caminhos mais assertivos; e por fim, de ativar nossa intenção agindo para gerar resultados.


Vamos começar então?!


1 - TER EMPATIA

A empatia tem dois alvos: você mesmo e os outros. E está relacionada em sentir e mostrar apreço, compaixão e perdão. O seu Crítico diz: Você deve ser duro consigo mesmo. É melhor punir do que ter empatia, assim se aprende melhor. (Frases típicas do Crítico) Somos imperfeitos, e não alcançamos nossos ideais quase que o tempo todo. Mas a empatia nos ajuda a recarregar nossas baterias e renova nossa vitalidade. Você ter empatia pelo seu próprio sofrimento, ou de outra pessoa, não significa que você está tolerando a ação que gerou a dor. É Sábio começarmos a acreditar que, a maior parte de nós faz o que pode para ser o melhor ser humano que podemos ser, mas erramos constantemente e sofremos por isso. Não precisamos de mais um Crítico nos fazendo sentir ainda mais desconfortáveis. Tenhamos empatia pelo sofrimento gerado pela ação, e depois tratemos o fato gerador para evitá-lo no futuro.


2 - EXPLORE

Uma criança sabe muito bem explorar, e com curiosidade e fascinação busca novas descobertas. O modo explorador do Sábio é baseado na curiosidade, franqueza, assombro e fascinação pelo que está sendo explorado. Costumamos evitar explorar nossos erros e falhas, porque a presença do Crítico faz isso se tornar doloroso demais. O modo Crítico é seletivo, e só se interessa pelas coisas que provam que ele está certo. Isso é uma exploração poluída. Vemos isso na prática, quando discutimos com uma pessoa e fica claro que seletivamente ela só escuta o que se encaixa nos argumentos dela. Normal acontecer. São dois Críticos conversando. Explorar serve para entendermos melhor o problema ou situação, ir mais fundo nos detalhes, e assim nos colocarmos em um caminho melhor. O Sábio sempre usa perguntas como: O que mais posso descobrir? O que eu ainda não sei?


3 - INOVE

A verdadeira Inovação é quando saímos dos parâmetros convencionais, das suposições e dos hábitos que nos prendem. Para inovar usamos a seguinte pergunta: “Qual o modo completamente novo de fazer isso? Na prática, ao tentar resolver um problema, o seu Crítico e os seus Sabotadores chamam suas ideias iniciais de tolas ou impraticáveis, e você vais se fechando até parar de inovar. Normalmente uma fala típica do Crítico vem à nossa mente: - E se você estiver errado? E se der errado? E se você passar vergonha? E se… E se … O que nos atrapalha de inovar é o fato de estarmos presos à parâmetros preexistentes, crenças e suposições o tempo todo. Para ativar e proteger o poder de inovar do seu Sábio, você precisa dar à sua mente uma única instrução: Tenha o máximo de ideias possível. Não avalie as ideias conforme elas forem surgindo, apenas deixe elas parecerem, pois avaliar durante a inovação é a porta dos fundos pela qual os Sabotadores entram.


4 - NAVEGUE

O poder de navegação do Sábio tem a ver com a escolha entre caminhos e alternativas, mas com base em seus valores mais profundos, no que dá propósito e significado à sua vida. Mas claro, aqui temos que ter clareza de quais são os nossos Valores e qual o nosso Propósito na Vida, senão fica praticamente inviável a utilização deste poder. (Neste aspecto também posso ajudar você - Solicite uma Sessão de Clarificação)

Quando as coisas não estão claras fica mais fácil o Crítico e seus Sabotadores cúmplices agirem. Eles usam a culpa e a obrigação como bússola para você escolher o caminho a seguir. Também buscam o caminho que é menos arriscado, que foge de desafios, conflitos e ações mais complexas. Esse tipo de navegação agrada os Sabotadores, mas não irá te levar para onde você realmente quer. Tomar o melhor caminho ou escolher a melhor alternativa, usando o poder da navegação do Sábio, está intimamente ligado à clareza dos nossos Valores, Propósito e Significado. Tenha essa clareza, e você navegará infinitamente melhor.


5 - ATIVE

Aceitar tudo como dádiva, que é uma atitude do Sábio, não irá levar você à passividade, preguiça ou falta de ambição e ação. É exatamente o oposto. A palavra NÃO tem o poder de fazer o seu cérebro parar de pensar. E os seus Sabotadores usam isso direto! Agora, se você substituí-la pela indagação COMO?, você abrirá um leque de opções de ações. O poder da Ativação quer dizer poder da Ação, e esse poder permite que você evite a procrastinação, a distração e a interferência dos Sabotadores. Assim, tendo clareza de como você deve agir, vá e faça o que deve ser feito. Cada Sabotador age de maneira diferente para evitar que você entre em ação, mas entenda que o Crítico é o mais cruel, pois ele desperdiça a sua energia provocando medo, estresse, raiva, decepção, culpa ou vergonha no mesmo momento em que você está agindo, ou pelo menos, deveria estar agindo. Use o poder a Ativação, e com o auxílio dos outros poderes do Sábio você conseguirá ter uma mente tranquila e focada na pura ação, mesmo em situações urgentes, estressantes ou caóticas. Pois tudo é dádiva!

Por fim, lembre-se que a perspectiva do Sábio fortalecida pelos cinco poderes que vimos aqui, só funciona se colocada em prática constantemente. Precisa ser um hábito.

Para exemplificar, se alguém lhe fizer alguma coisa ruim, ao invés de deixar o Crítico e seus Sabotadores no controle, você pode passar pelo modo de empatia (TER EMPATIA), explorar mais a situação para entendê-la a fundo (EXPLORE), buscar novas opções de lidar com isso (INOVE), escolher a melhor opção (NAVEGUE) e por fim tomar a ação necessária, e Sábia, para resolver o assunto (ATIVE).


Agora pense, em que área do seu trabalho ou da sua vida você poderia fazer uso dessa perspectiva do Sábio, usando os cinco poderes?


Espero que você tenha gostado do que leu até aqui, pois ao invés de finalizar por aqui decidi fazer uma postagem Bônus, que vai ensinar as técnicas para exercitar cada um dos cinco poderes do Sábio.


Gostou?

Então aguarde e fique ligado na minha página no Facebook. (Curta minha Fan Page AQUI)


Até a próxima postagem!


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon

Emanuel Müller Coach © 2016 - Todos os direitos reservados - Política de Privacidade

Uso os serviços